Sabonete Sem Lixo

Sabonete Sem Lixo

Você já parou pra pensar que a sua pele é o maior órgão do seu corpo? Sim! E ela é demais! Tem como principais funções proteger, regular temperatura, reservar nutrientes e conter terminações nervosas sensitivas. Uau! Não é incrível?!

Vamos então falar sobre como mantê-la limpa. Para isso precisamos nos perguntar qual é o nosso conceito de limpeza? Acredito que posso afirmar que muito do que entendemos por limpeza atualmente passará por um ingrediente poderoso, que chegou até nós por meio da indústria, há pelo menos um século, chamado Lauril Sulfato de Sódio, responsável pela produção da queridinha espuma, que na verdade não limpa nada, mas nos dá a “sensação de limpo”.

Este ingrediente pode ser encontrado em diversos produtos de limpeza e dependendo da sua concentração pode desencadear reações alérgicas diversas, provocando efeitos tóxicos em animais e humanos (leia mais aqui). Bom, não tem que fazer espuma pra limpar e conhecer a composição do sabonete que usamos na pele é super indicado.

Importante abrir exceções para pessoas que trabalham em hospitais, ou áreas específicas onde há manuseio de objetos com graxa, por exemplo. São casos pontuais que exigem uma limpeza mais profunda. No entanto, em geral, não acredito ser necessário usar o sabonete em toda a pele a cada banho tomado. Além de um desperdício de recursos, nossa pele merece ser tratada com mais carinho!

Outro ponto que vale a pena lembrar é a função da água neste processo! Gente, a água limpa! Especialmente a água encanada dos grandes centros urbanos que já chega até nós tratada com cloro, um antibactericida potente!

Logo, nossa experiência aqui em casa tem sido buscar sabonetes mais “gentis” que são usados com mais respeito a nossa pele e ao próprio planeta.

Como já tem muita gente legal fazendo sabonetes naturais por aí, nunca me aventurei na saboaria. Adoro visitar feirinhas alternativas, veganas e comprar produtinhos feitos com carinho, cheirosíssimos e, na maioria das vezes sem embalagem (perfeito!)!

Eles são mais caros? Sim. Se comparados aos sabonetes convencionais vendidos nas farmácias e supermercados, são sim. No bolso são mais caros, mas como acabam sendo usados com mais delicadeza tem uma durabilidade maior.

DICA: Quando as barras dos sabonetes naturais são grandes costumamos cortar ao meio para que durem mais!

Termino aqui mais uma reflexão com opções testadas e aprovadas pela nossa família:

BioArt

Fefa Pimenta

Unevie

Infelizmente não vou saber o nome de muitas marcas, dos produtores locais que vendem nas feiras, MAS, deixo aqui a dica incrível e necessária: privilegie sempre o comércio local!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.