E o Saquinho do Lixo?

E o Saquinho do Lixo?

Sério, essa é uma das perguntas que mais aparecem em todas as nossas redes sociais!

“Nicole, como que vocês fazem com a lixeira do banheiro?”

“E a lixeira da cozinha?”

Em geral, as pessoas continuam aceitando as detestáveis sacolinhas plásticas nos supermercados por conta das lixeiras de casa. Se você faz isso e, se você não tem orgulho de fazer isso, seus problemas acabaram!

Este não é assunto novo por AQUI, nem no canal do Youtube! Mas como todos os dias pessoas novas e curiosas em conhecer um estilo de vida mais sustentável chegam até nós, segue uma resposta curta e direta.

Não, não usamos mais “saquinho” ou “sacolinha plástica” nas lixeiras pequenas de casa. Sim, recusamos este tipo de descartável. Como?

LIXO DO BANHEIRO

Bom, no banheiro seguimos sem saquinho. A parte interna da nossa lixeira é removível e facilmente lavável. Temos uma lixeira maior (30 litros) na área de serviço que recebe o conteúdo desta lixeira, assim como todos os rejeitos da casa e, só vai para o caminhão do lixo quando está lotada!

SACO PLÁSTICO

Sim, ela leva um saco plástico que não é biodegradável, pois os biodegradáveis de verdade (feitos de matéria prima orgânica) não suportam este lixo… se desmanchando antes que a sacola fique cheia (conheça um bem legal AQUI). Já os sacos plásticos “fake” biodegradáveis, apenas se transformam mais rapidamente em micro plástico, ou seja, não queremos isso!

Como fazer então? Usamos saco plástico reciclado. Optamos por investir na economia circular, mesmo sabendo que o produto não é dos melhores. Pelo teve mais de uma função em seu ciclo de vida!

“LIXEIRA” DA COZINHA

Também não tem saquinho. Esta é higienizada toda a vez que despejamos os resíduos orgânicos (nossos restinhos de comida) em uma “lixeira” maior (30 litros) que também não tem saco plástico e, segue a cada duas semanas para um pátio de compostagem comunitária da nossa cidade.

Detalhe: Não gosto de chamar a “lixeira” da cozinha de “lixeira”, porque lixeira é o que carrega lixo. Resíduo orgânico NÃO é lixo, e sim uma matéria-prima riquíssima, que é basicamente metade dos resíduos da nossa casa, que voltarão para a terra, se transformando em adubo, contribuindo com nosso lindo planeta circular!

Deixe uma resposta