Criando filhos Sem Lixo

Florianópolis foi uma das cidades do Brasil a aceitar o desafio do Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) de organizar sua Semana Lixo Zero entre os dias 19-28 de Outubro. A Semana Lixo Zero acontece por meio da iniciativa de pessoas que se dispõe a compartilhar boas práticas a fim de inspirar outros, com o foco na disseminação do movimento lixo zero.

De acordo com Rodrigo Sabatini, presidente do ILZB, lixo zero é uma meta ética, não é um processo mágico(!); econômica, que depende do nosso comportamento, da nossa responsabilidade perante a sociedade, eficiente, um programa de qualidade total, baseado na melhoria contínua, e visionária, de direcionamento da humanidade para um futuro melhor para todos.

Acredito que seja por aí, e como cidadã, decidi apoiar esta causa e unir forças com mais algumas pessoas que tanto me inspiram para batermos um papo sobre estes conceitos… Mais especificamente no ambiente familiar, nos desafios diários da criação dos nossos filhos.

Na última quinta-feira (25/10) o encontro aconteceu com um grupo lindo de pessoas, onde 3 pontos de vista importantes e relevantes foram abordados. O objetivo era nos fazer repensar uma educação Sem Lixo.

Iniciamos a conversa com uma breve apresentação feita pelo “TUCA”, sócio da Casa Origem, primeiro restaurante Lixo Zero do Brasil, que apoiou o evento com o coffee break além de nos falar sobre o seu projeto, trouxe uma excelente reflexão sobre como temos nos relacionado com o lixo como país, e como cidade, através de números, leis, metas alcançadas e outras que permanecem como alvos.

Em seguida apresentei os desafios vividos na nossa Casa Sem Lixo. Como passamos para os nossos filhos, Theo e Nina, diariamente conceitos e princípios que respeitam e nos conectam com o planeta, diante de tantos desafios vividos numa sociedade capitalista onde o TER está quase sempre em maior evidência que o SER.

LAÍS OLIVEIRA, mãe do Davi de 5 anos e à espera da Serena, nos inspirou na sequência com uma fala tão viva e concreta sobre como iniciou seu negócio, movida pela quantidade de lixo gerada pelos primeiros dias de vida do Davi usando fraldas descartáveis. Atualmente a “Nós e o Davi“, além de ser líder no mercado de Fraldas Ecológicas, trabalha para produzir um ecossistema de produção sustentável. Se preocupa principalmente com as condições de trabalho, carga horária e remuneração justa de sua equipe. Pois acredita que um produto sustentável é aquele que não prejudica o planeta, mas também beneficia os envolvidos em sua cadeia de produção.

A GREICI WILL e a JULIANA BARON, fecharam com chave de ouro nosso encontro. Educadoras parentais, elas criaram o projeto Criação Positiva aonde unem suas certificações em Disciplina Positiva com suas outras formações, como Psicologia e Coaching, para trabalhar com pais, mães e responsáveis, a partir de uma educação com respeito, sem punições, ameaças ou violência. Compartilharam conosco seus próprios movimentos por uma criação sem lixo emocional e o conceito de Responsabilidade Social apresentado por Jane Nelsen, criadora do método. Foi incrível!

Além da troca de experiências estiveram conosco algumas empresas que apoiaram o evento: Uni Duni Tê, Eco Bordados da Beatriz Oliveira, Zera Zero Waste e a Com Amor Florinda! A quem agradecemos não apenas a presença mas o trabalho que fazem em nossa sociedade.

Registro também minha gratidão ao Instituto Granzotto que nos recebeu em seu espaço de forma tão generosa!

Não tenho dúvidas de que juntos somos mais fortes e torço para que encontros como este aconteçam cada vez mais, especialmente em tempos onde há tanto lixo a nossa volta! Obrigada a todos os inscritos que de fato puderam participar do encontro e o tornaram possível, estar com vocês renova minhas esperanças num mundo que pode sim melhorar, bora fazer a nossa parte!

Confiram algumas imagens do encontro:

 

 

 

   

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.