Consumo Consciente

Consumo Consciente

Vivemos num ritmo tão intenso, tentando lidar com tantos papéis, que acabamos tomando várias decisões sem muita consciência dos seus desdobramentos.

Consumimos muito! Porque é tão fácil comprar, não é mesmo? Compramos pela internet, pelas redes sociais, whatsapp. E assim, parece que refletimos cada vez menos sobre a decisão de compra.

Hoje estou aqui para te convidar a parar para pensar nisso e mostrar que é possível sim repensar essa loucura toda e reduzir nosso ritmo de consumo.

Para começar, precisamos entender em que se baseiam nossas decisões, e para isso sugerimos algumas perguntas a serem feitas antes de comprar qualquer coisa:

Por que comprar: qual a minha motivação ao adquirir algo? De onde vem este impulso? Quais os sentimentos e expectativas atrelados a ele?

O que comprar: qual o material usado neste produto? De onde vem esta matéria prima?

Qual o impacto desta produção para o meio ambiente?

Como comprar: Será que a melhor forma é mesmo comprar online ou perto de você tem alguém que faça este produto? Como este tipo de compra virá embalada? Que tal incentivar a produção local?

De quem comprar:  qual indústria estou fomentando? Eu conheço quem vende, conheço sua história?

Como usar: Por quanto tempo este produto será utilizado? Tem algum outro material que possa ser reutilizável, que dure mais?

Como descartar: você conhece como é feito o descarte deste material na sua cidade? Há reciclagem? A embalagem tem logística reversa? Ele vai para o aterro? Qual o impacto?

Dificultou um pouco né? Mas talvez esta seja uma pausa necessária e estratégica para entendermos nossas escolhas, revermos as crenças construídas através dos diversos estímulos que recebemos durante a vida e, a oportunidade de criarmos um relacionamento diferente com as coisas.

Dá trabalho? Talvez, num primeiro momento. Mas você gosta de não saber o que está levando pra casa? De quem é a responsabilidade?

Texto escrito em parceria com Juliana Schulz.

Equipe Casa Sem Lixo.

Deixe uma resposta