BANHEIRO · COMPRAS

XAMPU SÓLIDO

Há pelo menos dois anos, desde que entrei em contato com o movimento Lixo Zero procuro formas mais naturais de consumir e, isso abrange todas as áreas da nossa vida em família.

No final de 2016 comprei meu primeiro xampu sólido, fiquei encantada com a possibilidade de higienizar meus cabelos e couro cabeludo sem agredir meu corpo e nem o planeta. Importante destacar aqui que, por ser muito alérgica e, ver minhas alergias “se manifestando” especialmente na pele, estava realmente esperançosa com a nova ideia. A embalagem era compostável, os ingredientes super naturais, não tinha como dar errado.

O que ninguém me avisou é que seria necessário um período de adaptação. Sim, da mesma forma como aconteceu com o desodorante natural, ao entrarem na nossa rotina de higiene diária, os xampus naturais possuem uma forma diferente de comunicação com o nosso corpo, se comparados aos xampus “tradicionais”.

Basta ler a composição de ambos e notar as gritantes diferenças! Segundo a Cristal Muniz, do blog Um Ano Sem Lixo, devemos evitar produtos que contém os seguintes ingredientes: parabenos, óleo mineral ou parafina líquida e petrolatos em geral, sulfatos e silicones. Já adianto que nem sempre eles se apresentam com estes nomes, ler rótulos pode ser uma tarefa bem complicada, uma vez que a indústria muitas vezes usa a nomenclatura em inglês entre outros probleminhas.

Leia mais sobre este assunto AQUI neste post da bela Cristal.

Mas, enfim, não quero desencorajá-lo a ingressar nessa viagem DETOX. Por que SIM, o período de adaptação é como um detox que eu demorei a aceitar. Por aqui a dificuldade foi lidar com a oleosidade e a sensação de ter o cabelo sempre sujo! Isso aconteceu porque meu couro cabeludo estava habituado aos xampus mais adstringentes, que o limpavam tão profundamente e agressivamente ao ponto de tirar toda a água, mas sempre com uma falsa sensação de limpeza e hidratação… pura dependência química.

O diálogo entre xampu tradicional e couro cabeludo funciona mais ou menos assim:

O vilão “Xampu Tradicional” arromba a porta gritando:

— Vim roubar tudo o que você tem de bom, sua capacidade de auto-hidratação, sua oleosidade saudável e natural… Vai todo mundo pro ralo!

O “Couro-cabeludo” apavorado e espantado, sem poder fazer muita coisa para impedir a ação do seu inimigo, em silêncio pensa assim:

— Oh céus! Preciso fazer alguma coisa! Já sei! Vou unir todas as minhas forças e produzir uma quantidade extra de oleosidade e hidratação.

E a vida segue desta forma. Até que o dono do couro-cabeludo decide usar um xampu mais respeitoso e companheiro dos seus cabelos. Num primeiro momento tudo é festa, mas em no máximo 1 semana o couro-cabeludo entra em parafuso. Ele continua caprichando na sua “autodefesa” e enviando oleosidade extra… Leva um tempo até que ele compreenda que pode “baixar” as armas e viver harmoniosamente com seu mais novo parceiro, o Xampu Natural.

É gente… no meu caso esse diálogo (e porque não dizer, essa guerra) se estendeu por muitos meses, porque me faltava paciência para encarar essa adaptação. Acabava cedendo aos xampus antigos, alternando com os naturais, sempre infeliz e contrariada, não permitindo que o DETOX se completasse.

Há 3 meses isso mudou. Não tive nenhuma recaída. Perseverei e os resultados são os melhores! Por isso indico de olhos fechados mais este desafio, mais uma mudança na sua rotina, na direção de uma vida cada dia mais limpa, com menos lixo!

Estas são as marcas que já usei e indico:

Fefa Pimenta

Unevie

Mas existem muitas por aí! dá uma pesquisada!

Espero de coração que a sua experiência seja melhor que a minha! Coragem!

Confira AQUI nosso vídeo sobre Xampu sólido… 😉

2 comentários em “XAMPU SÓLIDO

  1. Nunca cheguei a usar shampoos naturais, mas há quase um ano não uso creme de cabelo e há uns 6 meses só lavo o cabelo com água quente e fria.
    Conheci essa ideia “only water” e adorei, porque nunca me conformei em ter que ficar usando tantos produtos no cabelo e outras partes do corpo.
    Demorou uns 2/3 meses pra parar a oleosidade excessiva, mas agora ele se acostumou e eu também. Tinha medo de ficar com cheiro ruim, por conta de suor, etc, mas não fica. Como diz meu marido, o cabelo fica com cheiro de cabelo, rs
    E, querendo dar um cheirinho diferente, é só jogar chá frio do que preferir depois do banho e pronto. 😊

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s