COZINHA · RECEITAS

BOLO DE MARACUJÁ “FUNCIONAL”

Uma casa sem lixo é uma casa que consome menos lixo. Nos dias de hoje se existe uma área onde se faz necessária uma forte resistência ao lixo é na alimentação. Não apenas pela questão das embalagens, mas por questões puramente de saúde e nutricionais.

Como já escrevi antes, ao longo dos anos, “adquiri” uma série de alergias e intolerâncias, as quais trato até hoje. Tem dias que tenho literalmente vontade de chorar por conta disso (sim, as vezes eu tenho pena de mim mesma – pronto falei! kkk…), mas na maioria dos dias procuro ser grata por que na prática essas limitações tem me ensinado muito.

Em janeiro estive com uma boa nutricionista que ao olhar minha “situação” falou em alto e bom tom aquilo que os médicos não tiveram coragem de dizer: “Corta o glúten AGORA!” Era verão, minha pele estava o caos, queria me sentir bonita. Topei. Adicionei mais um item à minha lista de NÃO PODE!

Com o passar dos meses tive que ser criativa… Não podia ficar fazendo, por exemplo, um bolo pra mim e outro para o resto da família. Não dava mais também para ficar substituindo a farinha de trigo somente por farinha de arroz ou essas prontas, preparadas sem glúten (um horror! Desculpa se você curte).

Resolvi então compartilhar uma receita que recebi de uma amiga, e claro, como tantas outras, sofreu adaptações que acabaram agradando minha saúde e o paladar da família e amigos. Nossos filhos amam comer um bolinho e, porque não comer um saudável e sem culpa?

Escolhi a palavra “funcional” para descrever a receita não porque está na moda, mas porque é realmente o que ele é. Alimento funcional não é só gostoso. Para ser funcional é importante que ele traga benefícios à saúde, produzindo efeitos metabólicos e fisiológicos. E, falando sério, a maioria dos bolos “deliciosos” que comemos por aí é feito de farinha de trigo branca, aliado a muito açúcar refinado. Não, meus bolos nunca mais foram assim. Simplesmente não consigo fazer assim, mesmo que não sejam para mim. Dou sempre um toque “funcional”. Como?

DICAS FUNCIONAIS E LEGAIS

FARINHAS: A dica principal é essa. Sempre temos muitas farinhas na dispensa: de arroz, de coco, de amêndoas, de quinua, de amaranto, de milho, aveia, psyllium, araruta, etc. Se você não tem problemas com glúten, pode usar também a de trigo integral e branca. Quando a receita diz, por exemplo, 2 xícaras de farinha, pego a xícara e vou colocando uma colher de cada uma das farinhas que eu tenho. Sério! Dá certo. Geralmente, numa receita, predominam as farinhas de arroz e aveia, tipo: duas colheres de sopa de cada e uso a colher de sobremesa para acrescentar as outras farinhas, até fechar a quantidade pedida na receita. Uso o que tenho à disposição. O “mix” de farinhas dá maciez à massa dos bolos sem glúten.

AÇÚCAR: Quando a receita pede, por exemplo, uma xícara de açúcar. Uso mais de um tipo de açúcar: demerara, mascavo, açúcar de coco e melado.

LEITE: Uso diversos leites vegetais, substituo por sucos de frutas ou até mesmo água.

ESSÊNCIAS: As famosas “pitadas” são bem vindas em meus bolos. Pitada de sal, pitada de canela, colher de baunilha, cúrcuma, cardamomo… Depende do gosto que quero dar,

ÓLEOS: Os preferidos nas receitas de bolo são de girassol e o de coco, quando esse sabor deve predominar.

MANTEIGAS: Uso manteiga GHEE vegana ou de coco.

Segue então a receita do BOLO DE MARACUJÁ.

INGREDIENTES

3 OVOS

1 XÍC DE AÇÚCAR (mix)

150gr MANTEIGA ou ÓLEO DE COCO (mais ou menos 3 colheres de sopa, se tiver durinho)

2 XÍC DE FARINHA (mix)

1 colher sopa CHIA

200ml SUCO DE MARACUJÁ CONCENTRADO

1 colher chá ESSENCIA DE BAUNILHA

1 colher de sobremesa FERMENTO

MODO DE PREPARO

– Misture bem os ingredientes líquidos + o açúcar.

– Aos poucos acrescente as farinhas

– Por último o fermento

– Asse em forno 180o

MAIS DICAS:

20170712_085347– No inverno o óleo de coco e as manteigas ficam mais durinhos, então é bom derreter em baixa temperatura antes de acrescentar ou, simplesmente bato os ingredientes líquidos no mixer (facilita bastante!), acrescento as farinhas sem bater.

– Para o suco de maracujá concentrado uso a polpa de 2 ou 3 frutas, bato com um pouco de água – gosto de coar.

– Já fiz esta mesma receita substituindo o suco de maracujá por leite de coco + uma colher de coco ralado. Use a sua imaginação.

– COBERTURA: Pra dar uma “graça” faça cobertura. As crianças amam! Numa panela coloque 4 col. Sopa de Cacau + 4 colheres de água (ou leite vegetal) + 4 colheres de açúcar + 2 colheres de manteiga. Aqueça misturando sempre e voilá!

LIXO PRODUZIDO

Para esta receita compro a maioria dos ingredientes à granel, ou em embalagens de vidro, sem plástico. Com exceção do fermento que vem num potinho plástico.

2 comentários em “BOLO DE MARACUJÁ “FUNCIONAL”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s